Tag: tantos anos

#Livro | Tantos Anos

“Tantos anos” radiografa as memórias de Rachel de Queiroz e de sua irmã Maria Luiza de Queiroz. A ideia expressa no início do livro é a de recusar as formas da memória heróica oferecendo duas versões – a dela e a de sua irmã, Maria Luiza – sobre os mesmos fatos. Estruturado em capítulos, “Tantos Anos” mistura relatos gravados, textos escritos, perfis ou mesmo crônicas já publicadas, em torno do que elege como sendo temas centrais de sua biografia – família, literatura e política.

Autora: Raquel de Queiroz e Maria Luiza de Queiroz
Editora: Arx
Número de Páginas: 285
Skoob
Onde Comprar: Americanas | Submarino | Saraiva

Rachel de Queiroz e sua arte inconfundível de escrever romances históricos do modernismo regionalista traz à tona nesse seu livro de memórias todo um lado sertanejo que vivenciara até os últimos dias de sua vida, estruturando a obra em 51 capítulos breves numa mistura de relatos gravados, perfis, textos escritos e até algumas crônicas bem particulares, onde utilizara como personagens principais membros de sua própria família.

A coisa que eu mais gosto em uma biografia é saber que nossos autores favoritos também têm ou tiveram uma vida normal, de dificuldades. Admiro muito Rachel de Queiroz, ela era muito simples, muito verdadeira em suas histórias.  Uma bela mulher e uma bela escritora. Suas palavras nos tocam no fundo da alma.

Dela, já li alguns livros – “O Quinze” (1930) e “As Três Marias” (1939) – assisti também a minissérie “Memorial de Maria Moura”, baseada em sua obra. Agora o livro “Tantos Anos” é encantador até mesmo para que não conhece a obra de Rachel. Os detalhes fazem com que a gente imagine cada cantinho por onde ela passou, cada momento que viveu, os amigos – tantos deles ilustres – com quem conviveu, o amor pela família. Rachel foi uma mulher exemplar, guerreira. Deixou um exemplo como pessoa, no que diz respeito aos seus princípios e a defesa de tudo aquilo em que acreditou firmemente.