Tag: Prêmio LeYa

Livro ▪ Torto Arado

Autor: Itamar Vieira Júnior
Editora: Todavia
Páginas: 264
Skoob
Onde Comprar: Americanas | Submarino | Amazon

Oi gente!
Um livro que está fazendo um grande sucesso e conquistando a todos – merecidamente – é “Torto Arado”, de Itamar Vieira Júnior, lançado pela editora Todavida. A obra foi vencedora do Prêmio LeYa, em 2018, e do Prêmio Jaboti, ao abordar o universo rural do Brasil, colocando ênfase nas figuras femininas, na liberdade e na violência exercida sobre o corpo num contexto dominado pela sociedade patriarcal.

“Torto arado” percorre a dramática realidade vivenciada em várias partes do nordeste brasileiro, como a seca, a violência contra as mulheres, as práticas escravocratas e outros tipos de opressão no campo. A história é conduzida sob a perspectiva das irmãs Belonísia e Bibiana, que vivem na Fazenda Água Negra, no Sertão da Bahia. Ambas encontram uma velha e misteriosa faca guardada na mala da avó. Ao ocorrer um grave acidente, suas vidas estarão ligadas para sempre, a ponto de uma precisar ser a voz da outra.

Ao longo da história, vamos percebendo que Belonísia possui uma personalidade conformista, permanecendo ao lado do pai Zeca Chapéu Grande, enquanto Bibiana é mais arrojada e sensível ao mundo de injustiças que os rodeia. Belonísia mistura-se à terra arada; Bibiana junta-se à luta pela emancipação e pelo direito à terra. Vozes femininas, negras e extremamente fortes.

A narrativa é revezada entre as duas irmãs. A trama de desigualdade choca o leitor, que passa a se afeiçoar aos personagens sofridos – como os pais Zeca e Salustiana envolvidos com o curandeirismo e misticismo; a fé da avó perturbada por um passado; os vizinhos que sofrem com a violência, a fome, agressão familiar, entre tantos outros problemas.

A descrição de um sertão árido e de ambientes precários é o ponto forte do livro. Itamar nos apresenta a um meio rural tão realista e, ao mesmo tempo, poético. O desenvolvimento das protagonistas encanta – a história é uma grande metáfora de um país que ainda vive na sombra de seus antepassados. Belonísia e Bibiana crescem em um arco narrativo fantástico. Sou fã de obras que abordam realidades brasileiras e “Torto Arado” foi uma das melhores leituras até agora!

E pessoal, aproveitem e me sigam nas redes sociais 
Instagram do Entrelinhas | Instagram Felipe Lange | Fanpage Entrelinhas | Facebook Felipe Lange