#Filmes | Tinha que ser Ele?

James Franco e Bryan Cranston estrelam a comédia “Tinha que ser Ele?” nos cinemas. Dirigido por John Hamburg, o filme lembra outras produções do americano, como “Entrando numa Fria”.

Na trama, Ned Fleming (Bryan Cranston – o eterno Walter White de “Breaking Bad”), CEO de uma companhia de impressão, descobre da pior maneira, em seu aniversário que sua filha está namorando Laird Mayhew (James Franco, do polêmico “A Entrevista”), um jovem milionário. Convidando sua família para passar o Natal e tentar conhecer melhor o namorado, Stephanie (Zoey Deutch, de “Tirando o Atraso”) começa a passar por diversos desconfortos, visto que Laird não conseguiu ganhar a simpatia dos pais.

O filme tem alguns momentos de humor, que nos leva ao riso, mas muitas vezes eles aparecem em situações de mau gosto. É a típica comédia americana mal compreendida e que já está com o prazo de validade vencido. Falta um pouco de originalidade.

Mas a principal pergunta que fica é: Porque Brian Cranston? O ator ficou mega famoso com a série Breaking Bad e já foi até indicado ao Oscar pelo longa “Trumbo”. Não era a hora de aparecer em uma comédia escrachada. Tanto que o ator é pouco aproveitado e serve como escada para James Franco, que já está acostumado com este estilo de produção e tem nas mãos um personagem bom.

Enfim “Tinha que ser Ele?” é uma comédia para ver no sábado à tarde, sem compromisso e, principalmente, sem expectativas. É divertidinho, mas não é uma grande produção.

  • Miguel

    Parece ser legal o filme

  • Juliana

    James Franco é tudo de bom

  • Marcela

    Quero assistir

  • Stéphanie Segal

    preciso assistir esse.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *