#Séries | This is Us

“Às vezes a vida pode surpreender você”. Essa é a premissa da série “This is Us”, que teve o último episódio da 1ª Temporada exibido na semana passada – total de 18 episódios. Das séries que eu estou assistindo, esta é uma das melhores – cumpre muito bem o seu papel de drama familiar.

O seriado é uma crônica da relação de um grupo de pessoas que nasceram no mesmo dia. A trama gira em torno de cinco personagens principais – Rebecca (Mandy Moore), Jack (Milo Ventimiglia), Kevin (Justin Hartley), Kate (Chrissy Metz) e Randall (Sterling K. Brown) – Rebecca e Jack são um casal que está para ter trigêmeos; Kevin é um ator frustrado com sua carreira; Kate é uma mulher que luta contra sua obesidade, e Randall é um homem negro,  bem-sucedido e que está à procura do seu pai biológico.

A narrativa é muito interessante, misturando passado e presente. No final do primeiro episódio já descobrimos que Rebecca e Jack, que estavam para ter trigêmeos, são os pais de Kevin, Kate e Randall – no caso, o terceiro gêmeo morreu no parto – porém, ainda na maternidade Jack resolve adotar um bebê negro que havia sido abandonado (essa cena é muito linda).

A série possui momentos belíssimos, tristes, engraçados e divertidos. E o elenco manda muito bem. Você se apaixona pelos personagens, torce por eles, vibra com as conquistas, sofre com as dificuldades que aparecem no caminho. Ao longo de cada episódio, a trama explora as relações entre as personagens e as incertezas e inseguranças de cada um, usando o recurso do flashback, muitas vezes retornando ao passado desses personagens, para explicar seu relacionamento com a família, amigos, mostrando o porquê deles se comportarem de determinada maneira.

Os grandes destaques da série são os atores Milo Ventimiglia – que fez o Jess em Gilmore Girls e Mandy Moore – para quem não lembra, ela é cantora e protagonizou o filme “Um Amor para Recordar”. Desde as primeiras cenas descobrimos um mistério: no presente, Rebecca está viva e casou-se novamente com Miguel (Jon Huertas), o melhor amigo do seu marido. Já Jack morreu, porém, até o momento, não sabemos como, mas já sofremos desde o início, pois o personagem é muito carismático e querido pela família. Ao longo dos episódios, Kate é a que mais sofre e se sente culpada pela morte do pai – inclusive acreditava que a cena de sua morte seria exibida no último episódio – o que não aconteceu.

Merecem destaque as relações entre os irmãos – Kate e Kevin são bem próximos, porém, Kevin e Randall tiveram desentendimentos no passado. Outra história que nos emociona ao longo dos episódios é a de William (Ron Cephas Jones), o pai biológico de Randall que o abandonou em frente ao prédio dos Bombeiros, por ser dependente químico e não ter condições de cuidar do filho recém-nascido. Agora, no presente, pai e filho se reencontram, mas William tem câncer em estágio terminal e aproveita cada momento com a nova família.

Se você ainda não assistiu, não perca mais tempo. Inclusive, o canal NBC já renovou a série por mais duas temporadas – cada uma com 18 episódios. A segunda temporada de “This is Us” deve estrear em setembro deste ano.

  • Stéphanie Segal

    Já entrou na lista de séries que quero assistir.

  • Marcela

    Simplesmente perfeita

  • Miguel

    Quero assistir

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *