Livro ▪ Ventos de Mudanças

Autora: Beverly Jenkins
Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Skoob
Onde Comprar: Americanas | Submarino | Amazon

Oi gente!
Fiquei um tempo sumido aqui do blog, estou com algumas coisas acontecendo e precisei de um tempinho para poder me organizar! Mas minhas leituras não pararam, quem me acompanha no instagram pode ver tudo por lá! Hoje vou trazer para vocês, o que achei de “Ventos de Mudança”, da editora Arqueiro. O livro é o primeiro título da série Mulheres Pioneiras, escrita por Beverly Jenkins.

Acompanhamos a história de Valinda Lacy, uma professora preta, que se muda para Nova Orleans com um sonho: ensinar a comunidade de ex escravos a ler e escrever para que, assim, suas vidas possam melhorar de alguma forma, nos Estados Unidos pós-Guerra Civil. Deixando para trás o pai conservador e autoritário, além do noivo que, mesmo sendo seu melhor amigo, não a ama de verdade, Lucinda é atacada por bandidos supremacistas, que destroem a escola onde lecionava e todo o material dos alunos. Neste momento, o sedutor capitão Drake LeVeq a salva e ambos iniciam uma história de idas e vindas.

“Ventos de Mudança” é um romance de época que discute o empoderamento feminino e se destaca por trazer romances protagonizados por pessoas pretas, bem-sucedidas e engajadas na luta antirracista. A autora retratou muito bem o período do pós guerra, além de construir personagens fortes que lutam por seus ideais e não se deixam abalar pelas adversidades. Os personagens secundários também são bem estruturados e contribuem para o andamento da narrativa.

Confesso que a escrita um pouco lenta me decepcionou. O início do livro foi um pouco arrastado, o que melhorou ao longo dos capítulos, tendo uma história mais fluída quando os protagonistas começam a se relacionar. O ponto forte da história é como os personagens acreditam no poder transformador da educação, fiquei emocionado em alguns momentos.

Em resumo, Ventos de Mudança me proporcionou uma leitura gostosa, apesar das passagens lentas e do típico roteiro de romance de época, que até certo ponto beirou o clichê, mas ao final, se mostrou variado. Agora já quero ler a sequência: “Tempestade Selvagem”!

E pessoal, aproveitem e me sigam nas redes sociais 
Instagram do Entrelinhas | Instagram Felipe Lange | Fanpage Entrelinhas | Facebook Felipe Lange

  • Ana Carolina

    Também fiquei um tempo ausente, tive que fazer uma cirurgia e agora que estou voltando estou reorganizando o conteúdo do blog, aos poucos tudo se acerta

  • Lucimar da Silva Moreira

    Gosto muito de romance de época, gostei muito de conhecer o livro, obrigada pela visita abraços.

  • Rafaela Biscassi

    Não conhecia o livro,mais achei a resenha bastante interessante. www.paginasempreto.blogspot.com.br

  • Emerson

    Parece ser uma leitura bem interessante. Boa semana! O JOVEM JORNALISTA está no ar com muitos posts e novidades! Não deixe de conferir! Jovem Jornalista Instagram Até mais, Emerson Garcia

  • Suelen Mattos

    Eu amo romances de época. Esse eu ainda não li, porque não curto muito drama e ele tem essa pegada mais dramática. Mas tenho lido coisas ótimas sobre ele. Que bom que te agradou, mesmo com o início mais lento. =) Suelen Mattos ______________ Romantic Girl

  • Kelen Vasconcelos

    Oi Felipe, Eu já comprei esse volume, e ainda devo ler este ano. Que legal que curtiu. Espero também ter uma experiência bacana. Abraço, Kelen Vasconcelos https://www.kelenvasconcelos.com.br/

Leave a comment to Ana Carolina Cancel reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *