Livro ▪ Cacau

Autor: Jorge Amado
Editora: Cia das Letras
Páginas: 184
Skoob
Onde Comprar: Americanas Submarino | Amazon

Oi gente!
Esse ano resolvi fazer a leitura/releitura de autores consagrados da nossa literatura. Comecei com Jorge Amado, o autor mais adaptado do cinema, do teatro e da televisão; e pretendo ler sua obra cronologicamente. Eu já li alguns clássicos dele, como “Gabriela, Cravo e Canela”, “Capitães da Areia”, entre outros (inclusive pretendo ler novamente). Porém, já vou explicar que não comecei corretamente kk. Li “Cacau” – o segundo livro do autor – e pulei o primeiro “O País do Carnaval”, simplesmente porque me interessei mais pela história do outro e quis fazer assim! Mas prometo a vocês que vou ler o primeiro livro ainda!

Como falei, “Cacau” é o segundo romance de Jorge Amado, publicado em 1933, considerado pela crítica um romance-reportagem, por trazer à tona a situação das pessoas que dependiam do cacau – uns para manter a riqueza, outros para garantir o sustento diário. Uma situação muito conhecida pelo autor que viveu na região cacaueira. Ainda, o livro inaugura a série de panoramas sobre a vida na região cacaueira de Ilhéus, da qual fazem parte também “Terras do sem-fim” e “São Jorge dos Ilhéus”.

Narrado em primeira pessoa, “Cacau” conta a história de José Cordeiro, mais conhecido como “Sergipano”, por conta do seu local de origem.  Ele vem de uma família rica, no entanto quando jovem perde o pai e vê os bens da família serem passados ao tio. Após divergências com o novo herdeiro, Sergipano decide ir para o sul da Bahia, em busca de dias melhores. Lá, arranja emprego na Fazenda Fraternidade, propriedade do explorador Manoel Misael de Souza Teles, considerado o rei do cacau. Desonesto, o coronel roubava os empregados, que não conseguiam pagar suas dívidas, permanecendo num regime de semiescravidão. Branco, cabelos louros e alfabetizado, Cearense destoa dos demais trabalhadores, despertando o interesse de Maria, a filha do patrão. Humilhado pela condição social da moça, o protagonista mantém uma posição de liderança frente aos empregados e inicia uma revolução social no local.

A leitura fluiu com facilidade, porém “Cacau” não foi o meu livro preferido do autor. Pode ser que isso mude com as releituras, já que li os demais na época de escola. Mas, a obra possui o estilo forte e crítico de Jorge Amado. E principalmente o regionalismo característico com a luta de classes e desigualdade social. Também preciso comentar a edição lançada pela Companhia das Letras, que está super bonita!

Já leram algum livro de Jorge Amado? Qual vocês querem ver resenha aqui?

E pessoal, aproveitem e me sigam nas redes sociais 
Instagram do Entrelinhas | Instagram Felipe Lange | Fanpage Entrelinhas | Facebook Felipe Lange

  • vanessa

    Olá! Essa edição está linda e amo os livros dele, esse ainda não li mas, espero ler em breve. Abraços. https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

  • Emerson

    Nunca li nada dele, mas tenho vontade. Um grande autor brasileiro. Boa semana! Jovem Jornalista Instagram Até mais, Emerson Garcia

  • Brenda

    Adorei a resenha! Ainda não li Cacau, mas está na lista para 2022. Beijos http://brenshelf.blogspot.com

  • Leyanne

    oie, conheço o autor mas nunca li a obra. A dica é bastante interessante. Bjs Imersão Literária

  • Monique Larentis

    Interessante, nunca li nada do autor acho, apesar de isso ser quase um pecado né? hehehe. Mas gostei de saber que essa leitura é fluída. Quem sabe eu leio...

  • Emi

    Eu conheço capitães de areia. Estou prometendo a mim mesma que também vou ler mais clássicos. Ainda não consegui engatar isso, mas vou fazer. Não conhecia o livro cacau. Deve ser uma leitura interessante e forte por passar essa realidade. Com certeza uma leitura necessária e importante. Vou adicionar a minha lista! beijos

  • Leidiana Pereira

    O livro tem a capa linda e me despertou o interesse em ler. Beijos. Diário da Lady

  • Hanna Carolina

    Eu nunca li nada do autor, acredita? Apesar de saber que ele tem várias de suas obras adaptadas e tudo, mas nunca li os livros, não sei o motivo. Eu gostei de saber mais desse, especialmente por ser algo de nossa história. Darei uma chance ao livro, quando puder. Bjks! Mundinho da Hanna Pinterest | Instagram | Skoob

  • Alessandra Salvia

    Oie! Ainda não li a obra, mas já conheço a escrita do autor! beijo http://estante-da-ale.blogspot.com/

  • Silvana Crepaldi

    Olá, Felipe. Que eu estou lembrando agora acho que só li Tieta do autor, que achei maravilhoso. Capitães da areia é um que me interessa bastante. Esse não conhecia ainda. Prefácio

  • Anni

    Olá! Apesar de ser um autor super conhecido, eu nunca li nenhum livro dele, não sei a razão. Parece ser uma leitura interessante.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *