Livro ▪ A Garota que lê no Metrô

Autora: Christine Féret-Fleury
Editora: Valentina
Páginas: 160
Skoob
Onde Comprar: Americanas | Submarino | Amazon

Oi gente!
Hoje vou compartilhar uma leitura rapidinha, mas que não foi o que eu esperava. Na verdade, nem tinha grandes pretensões e a leitura se mostrou bem morna.

Publicada pela editora Valentina, “A Garota que lê no Metrô”, de Christine Féret-Fleury, conta a história de Juliette, uma jovem e solitária parisiense que leva uma vida monótona trabalhando em uma imobiliária. Sua atividade favorita é andar de metrô e observar atentamente o que as pessoas estão lendo, assim passa a imaginar a vida dessa pessoa a partir do livro que está sendo lido.

Todos têm suas particularidades, como a idosa que folheia um livro italiano de culinária e sorri diante de algumas receitas ou a garota que lê romances e sempre derrama minúsculas lágrimas quando chega à página 247. Certo dia, a jovem decide romper com a rotina e usufruir o prazer de percorrer as ruas a pé, observando o formato das nuvens, com o olhar em busca do novo. E esse desvio mudará completamente a sua vida, graças ao iraniano Soliman e sua pequenina filha Zaïde, que a tornam uma “mensageira” dos livros.

Um alerta aos leitores, o livro possui gatilhos e um momento que aborda suicídio. Portanto, leiam conscientemente. Para mim, o ponto alto da obra são as referências e citações à livros clássicos da literatura. Ficava bem feliz quando reconhecia algo. Mas a história foi bem morna, havendo pouco desenvolvimento de alguns personagens.

Acho a proposta do livro super interessante, tanto que o comprei justamente por ter gostado da sinopse, ainda não conhecia ele, nem havia visto nenhuma resenha sobre. A leitura foi bem no escuro mesmo. Mas como falei, o desenvolvimento me incomodou, apesar da leitura ter fluido, li o livro rapidinho. No final, fiquei refletindo sobre os ensinamentos da vida, talvez por isso até tenha valido a pena.

Me digam se vocês já conheciam esse livro? O que acham da ideia de espalhar o hábito de leitura?

E pessoal, aproveitem e me sigam nas redes sociais 
Instagram do Entrelinhas | Instagram Felipe Lange Fanpage Entrelinhas | Facebook Felipe Lange

  • Cristina

    Gostei da sua review, deu vontade de ler. Beijinhos Coisas de Feltro

  • vanessa

    Olá. Fiquei feliz por ter lido até o final mesmo a leitura te incomodado no decorrer da história, a capa é linda. E sei que a leitura já vale apena quando nos trazem reflexões bacanas sobre a vida. Abraços. https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

  • Luciano Otaciano

    Oi, Fekipe. Parece um livro interessante, apesar dos poréns. Adorei a capa dele. Abraço! http://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

  • Emerson

    Adorei a premissa do livro e fiquei com vontade de ler! Boa semana! Jovem Jornalista Instagram Até mais, Emerson Garcia

  • Monique Larentis

    Adoro quando as histórias trazem citações de livros ou filmes que já conhecemos. Parece que nos aproxima dos personagens :) Ainda bem que você avisou dos gatilhos. Eu nem imaginaria que a narrativa poderia trazer...

  • Ana Carolina

    Adoro quando o livro traz citações de outras obras, sou suspeita porque sou do tipo que coleciona citações

  • Camila Faria

    Oi Felipe! Poxa, uma pena a leitura ter sido morna, me pareceu ter tanto potencial. Também acho incrível quando reconheço uma menção a um livro clássico, dá um quentinho no coração, né? Um abraço!

  • Alessandra Salvia

    Oie! Não conhecia o livro, na verdade, nem acompanho muito a Editora Valentina! beijos http://estante-da-ale.blogspot.com/

  • Leyanne

    Oie, que capa linda! Gostei da proposta e espero conhecer a leitura. Bjs Imersão Literária

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *