#Filme | Chemical Hearts (A Química que há entre Nós)

Oi gente!
O streaming Amazon Prime Vídeo lançou o drama “Chemical Hearts”, baseado no livro “A Química que há entre Nós”, da autora Krystal Sutherland. No elenco temos Lili Reinhart (Riverdale) e Austin Abrams (Euphoria). Mais um chiquê teen, porém este me decepcionou um pouco. Detalhe: neste post não vou comentar o livro, visto que ainda não li; falarei apenas da experiência na TV.

Dirigido por Richard Tanne, o filme conta a história de Henry (Austin Abrams) e Grace (Lili Reinhart), dois jovens que, em seu último ano de ensino médio, se tornam co-editores do jornal da escola. Ele tem uma vida normal, com uma família estável e bons amigos, e sonha em ser escritor. No entanto, por achar que tem uma vida normal demais e por não ter tido experiências significativas, não sabe sobre o quê escrever.

Enquanto isso, ela é uma estudante transferida de outra escola e que, assim como ele, tem a escrita e a leitura como suas grandes paixões. Só que após sofrer um acidente que deixou sequelas bastante dolorosas (fisicamente, e, principalmente, psicologicamente), ela deixa essas paixões de lado e decide se isolar de todos.

Sobre a parte técnica, o longa traz uma estética melancólica. A fotografia é construída na base de cores frias e fechadas, especialmente o azul, o que reforça a parte dramática da narrativa. Porém, os clichês do enredo me incomodaram. E vocês sabem que eu adoro os clichês teen bem “água com açúcar”.

Acho que a adaptação dos personagens acabou não acontecendo como deveria. Achei Henry e Grace muito rasos e superficiais, não tem uma construção que nos mostre o que eles querem, o porque eles são da forma que são, o que os motiva ou não motiva. São personagem complexos e emotivos, que poderiam ser cheios de camadas, mas não são. Ficou simples demais. E pelo que li de comentários do livro, sei que isso não ocorre lá – os personagens são bem construídos. Outra coisa que me irritou são os personagens coadjuvantes (família e amigos do Henry), que no filme não tiveram importância nenhuma, não acrescentaram nada a história.

A proposta era super interessante, já que dramas adolescentes têm rendido boas adaptações, porém para mim não rolou. E ainda quero ler o livro “A Química que há entre Nós”. Prometo que quando ler, trago um post mais comparativo entre os dois.


Já assistiram Chemical Hearts? Ou já leram o livro A Química que há entre Nós? O que acharam?

E pessoal, aproveitem e me sigam nas redes sociais 
Instagram do Entrelinhas | Instagram Felipe Lange | Fanpage Entrelinhas | Facebook Felipe Lange

  • Emerson

    Parabéns pela resenha. Não conhecia o livro ainda. Bom fim de semana! OBS.: O blog está de volta com novos posts. Não deixe de conferir! Jovem Jornalista Instagram Até mais, Emerson Garcia

  • Bruna Domingos

    Realmente, o filme tem uma premissa que poderia ter sido bem explorada. É uma pena que tenha decepcionado, eu adoro personagens que gostam de escrever e ler, pois tem chances de serem mais profundos. Adorei o texto!!! Beijos http://www.leiapop.com/

  • Caverna Literária

    Oi, Felipe! Também achei bem fraco esse filme, não me emocionou em nada :( uma pena, porque a premissa da história é boa, mas confesso que nem o livro consegui ler muito antes de largar xx Carol https://caverna-literaria.blogspot.com/

  • bruna

    Não conhecia o filme, gostei bastante da resenha, adoro filmes teen clichês pro fim de semana mas também faço questão de personagens bem construídos, principalmente num filme com um ar melancólico assim! Me desanima saber que os personagens foram rasos, mas pra passar o tempo acho que o filme seria ótimo <3 Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

  • Alessandra Salvia

    Oie! Eu não gostei! rs Achei o enredo sem noção alguma de continuidade! beijo http://estante-da-ale.blogspot.com/

  • Hanna Carolina

    É uma pena que o filme não alcançou suas expectativas. Eu não veria, pois não curto muito esses filmes água cm açúcar. Mas espero que a leitura te seja melhor experiência do que a adaptação. Bjks! Mundinho da Hanna Pinterest | Instagram | Skoob

  • Priih

    Oi Felipe, tudo bem? Gostei da resenha sincera, acho que não vou curtir esse título. Beijos, Priih Infinitas Vidas

  • Renata Gomes

    Acho difícil eu fazer um comentário válido comparando com o livro, porque não li, mas eu amei o filme. Amei tanto que acho que não irei ler o livro para não me decepcionar hahaha. Renata

  • Ariane Reis.

    Oi Felipe, tudo bem? Fiquei sabendo do livro por conta do filme e confesso que a premissa não chamou muito a minha atenção. Até gosto das histórias do gênero, mas infelizmente a Química que há entre nós, não conseguiu me cativar. Beijos;* Ariane Reis | Blog My Dear Library.

  • O diário da Inês

    Ainda não tinha ouvido falar desse filme! :) -- O diário da Inês | Facebook | Instagram

  • Pathy Guarnieri

    Não conhecia, mas não animei não. Cores do Vício

  • Tayane Ribeiro

    Amei o post. Eu tentei assistir ao filme, só que no dia não rolou. É horrível quando os personagens principais não tem tanto a mostrar. beijos

  • Silvana Crepaldi

    Olá, Felipe. Eu nem conhecia esse livro ainda hehe. E não me interessei muito pela história não, por isso não vou assistir hehe. Prefácio

  • Maria Eduarda | Lumusiando

    Olá! Eu fiquei apaixonada por esse filme, uma das coisas que mais gostei foi como o final mostrou que, às vezes, duas jornadas devem seguir sozinhas e de como o filme mostra que precisamos da ajuda de outras pessoas para superar algumas situações. Beijão! Lumusiando

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *