#Série | You – 2ª Temporada

Oi gente!
Depois de uns dias que tirei para aproveitar as festividades de fim do ano, bora voltar com tudo para 2020! E não pensem vocês que fiquei parado, sem assistir nada esses dias! Porque eu vi várias séries e filmes para trazer aqui! Uma delas foi a 2ª temporada de “You”, lançada na Netflix.

Quer conferir a crítica da 1ª temporada? Clica aqui!

Após todos os acontecimentos em Nova York, Joe Goldberg (Penn Badgley) muda-se para Los Angeles, com a finalidade de fugir de Candace (Ambyr Childers) e começar uma nova vida. É lá que ele conhece Love Quinn (Victoria Pedretti) – seu “novo alvo”. A garota vem de uma família rica, com diversos problemas. Junto com o irmão Forty (James Scully), Love administra a loja Anavrin (“Nirvana” ao contrário) que mescla livros e gastronomia – um lugar perfeito para Joe, que agora é Will, após roubar uma nova identidade. Em Los Angeles, Will/Joe também vai se envolver com Delilah (Carmela Zumbado) e sua irmã Ellie (Jenna Ortega).

Até aqui comecei bem, sem spoilers! A partir daqui não posso prometer nada! Então vamos lá, de um modo em geral, achei a temporada bem variável, com altos e baixos. Para falar a verdade, gostei mais da metade para o final, e vou explicar o porquê. Os primeiros episódios me pareceram bem repetitivos em relação à primeira temporada.

A história é a mesma – Will se apaixona por uma garota, começa a stalkeá-la e desenvolve uma amizade com um personagem que se tornará uma válvula de escape – neste caso é a Ellie; na primeira temporada foi o Paco. Há uma pessoa que faz mal a esse personagem – Henderson, que se mostra um famoso que gosta de abusar de garotas menores de idade – e para isso, o Will precisa ativar seu modo “herói”. Nós já vimos essa base narrativa antes, acho que não precisava se repetir, poderia ter acontecido de outro modo. Também fica um pouco complicado entender as intensões do personagem. O primeiro episódio foi muito bom e teve um plot no final mostrando que o personagem continuava igual e já estava de olho em uma nova presa. Já no segundo episódio, do nada, ele passa a ter atitudes como se quisesse uma redenção.

E para mim, uma outra crítica que faço é com relação à personagem Candace – totalmente mal construída! Ela voltou no final da temporada anterior (um dos melhores plots) para infernizar a vida do Joe/Will, fazendo com que ele pagasse por seus crimes. Mas descobrimos que a personagem não possuía nenhum plano para isso. Em alguns momentos ela tem uma atitude toda fodona, como se tivesse superado tudo e realmente quisesse vingança. Em outros momentos, ela é frágil e não consegue nem o abraçar, sendo que está próximo a ele em todos os momentos. No final, acaba se ferrando sem nem ter conseguido fazer nada do que queria, sendo um total desperdício de personagem para a história.

Falando nas partes boas, acho que a história engrena no final. A relação do Will e Love foi bem construída, inclusive a atriz Victoria Pedretti dá um show de atuação – já havia se mostrado uma boa opção em “A Maldição da Residência Hill” e ainda esteve em “Era uma Vez em Hollywood”. Gosto também das atuações de Carmela Zumbado e Jenna Ortega (descobri que ela fez a Jane novinha em “Jane the Virgin”). Os episódios em que o Forty droga o Will e ele não sabe o que aconteceu durante o período em que esteve chapado, foram os melhores da temporada. A revelação do principal mistério da trama foi previsível, mas o final foi interessante e já deixou um gancho para a próxima temporada, que já foi confirmada pela Netflix.

Comentando rapidinho sobre a adaptação em relação ao livro, esta segunda temporada, que é baseada no livro “Corpos Ocultos”, de Caroline Kepnes, não foi nada fiel. Há muitas alterações, principalmente em personagens e no decorrer da história. Se você leu o livro não espere que seja igual, porque não é!

Enfim, como disse anteriormente, achei a temporada com altos e baixos, curti algumas coisas, outras não, mas de qualquer forma ainda é uma produção que prende a nossa atenção. Vale a pena conferir.

E pessoal, aproveitem e me sigam nas redes sociais 
Instagram do Entrelinhas | Instagram Felipe Lange | Fanpage Entrelinhas | Facebook Felipe Lange

  • Tami

    Oi, Felipe Maratonei no primeiro dia e adorei. Discordo que as atitudes dele faziam parecer que ele queria se redimir. Ele é um sociopata, se eximir e se fazer de bom moço é uma das características principais do transtorno, achei a construção muito bem feita. Candace mereceu o fim que teve, burra toda vida. Beijos - Tami https://www.meuepilogo.com

  • Sohari

    Eu achei essa série, a segunda temp, assim como 13 razões tão... irresponsável =/ É até dificil de por em palavras. Uma pena, adoro o ator!

  • Amanda Carol

    Essa série está na minha lista para assistir, deve ser incrível www.estiilocarol.com

  • Letícia

    Gosto bastante dessa série, adorei o post!

  • Miguel

    Concordo com o que falou da Candace, totalmente desnecessária... poderia ter seguido a história do livro, onde ela morreu mesmo e não voltou.

  • Juliana

    Essa atriz que fez a Love é muito boa mesmo, adorei a química que ela teve com o Penn

  • Eduardo

    Ainda não assisti essa série, quem sabe esse ano começo, adorei a dica

  • Marcela

    Oi Felipe, feliz 2020 pra ti! Eu maratonei a série no mesmo dia que já saiu, gostei da narrativa e dos personagens novos, ótima resenha

  • Monique Larentis

    Estou assistindo o último episódio. Gostei da segunda temporada, mas que nem você, com altos e baixos..

  • Alessandra Salvia

    Eu comecei a ver, achei mais do mesmo ai parei. Preciso voltar, rs. beijo http://estante-da-ale.blogspot.com/

  • Silvana Crepaldi

    Olá, Felipe. Estou no quarto episódio e estou achando bem mais fraca que a primeira temporada. Prefácio

  • Jeh

    Oi Felipe, Não assisti a primeira temporada, uma pena que essa tenha seus altos e baixos. Bjs, Bom fim de semana! Jéh Diário dos Livros http://diarioelivros.blogspot.com/

  • Luiza Helena Vieira

    Ainda tenho que terminar a primeira Beijos Balaio de Babados Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

  • Hanna Carolina Lins de Paiva

    Oi Felipe, falam muito em dessa série, mas ainda não conferi, acredita? Vou tratar de conferir logo logo. E fiz igual a você, aproveitei meu recesso para colocar várias séries/filmes em dia. kkkk Bjks e feliz ano novo! Mundinho da Hanna Pinterest | Instagram | Skoob

  • Priih

    Oi Felipe, tudo bem? Achei a temporada inferior à primeira, especialmente porque o Will/Joe parece estar mais controlado, como se a série estivesse realmente tentando nos convencer que ele mudou (o que é uma falácia e o fim deixa claro que não, não mudou). Beijos, Priih Infinitas Vidas

  • Nana

    Oi Felipe, Preciso de um tempo pra fazer meu teste, mas capaz de eu continuar porque adoro o Penn até mais, Canto Cultzíneo

  • JESSICA BARBOSA DE LIRA

    Menino eu assisti a primeira temporada gostei bastante, essa segunda não vi ainda mas espero que esteja realmente tão boa como as pessoas estão falando. Jesse Lira - https://www.jesselira.com.br/2020/01/projeto-livro-viajante.html

  • Polyana Pinheiro

    Eu assisti a primeira temporada mas achei tudo muito louco, não fui fã, não. Houveram muitas críticas. Imagino que, nessa segunda temporada, eles modificaram coisas do livro com embasamento justamente nessas críticas... 99% das resenhas que li dizem que a série melhorou muito na segunda temporada. Não sei se vou assistir. Talvez para matar a curiosidade e tirar minha própria conclusão se houve ou não melhora... mas não estou muito animada. Au revoir ♡ https://tecerfloresecheirarlivros.blogspot.com

  • Vi Furrati

    Ainda não assisti nem a primeira temporada Tanta coisa legal pra ver na netflix, não da tempo. cobaiaamiga.com

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *