#Filme | Roma

Oi gente!
Bora conferir mais um filme indicado ao Oscar 2019 – hoje vou falar de “Roma”, do diretor mexicano Alfonso Cuarón. O longa recebeu o maior número de indicações (assim como “A Favorita”) concorrendo em dez categorias – melhor filme, melhor direção, atriz (Yalitza Aparicio), atriz coadjuvante (Marina de Tavira), roteiro original, filme estrangeiro, direção de arte, fotografia, edição de som e mixagem de som. Lembrando que já falei de “Nasce uma Estrela” (AQUI), “O Primeiro Homem” (AQUI), “Bohemian Rhapsody” (AQUI), “A Esposa” (AQUI), “Infiltrado na Klan” (AQUI), “A Favorita” (AQUI), “Vice” (AQUI) e “Green Book – O Guia” (AQUI).

O vencedor do Oscar Alfonso Cuarón (por Gravidade, em 2014) está de volta com mais uma obra prima e, novamente, com grandes chances de vencer a categoria neste ano. Inclusive, nos últimos anos, o prêmio de melhor direção foi dominado pelos mexicanos – Cuarón venceu em 2014; Alejandro González Iñárritu ganhou dois anos seguidos 2015-2016; e no ano passado quem levou a melhor foi Guillermo del Toro. Curiosidades a parte, Cuarón é favorito pois trouxe um filme emocionante – quase uma cinebiografia, já que a produção é consolidada a partir de memórias da infância do diretor.

Ambientado no México do início dos anos 1970, “Roma” narra a história de Cleo (Yalitza Aparicio), uma empregada e babá, que trabalha na casa de uma família de classe média. Sua patroa Sofia (Marina de Tavira) enfrenta problemas no casamento ao mesmo tempo que precisa cuidar dos quatro filhos, com o auxílio da empregada. Em um período conturbado da história mexicana, Cleo precisa enfrentar um grande dilema.

O longa pode fazer história no Oscar 2019 – vencer na categoria de melhor filme estrangeiro (o que é praticamente certo), além da categoria principal de melhor filme. Se isso acontecer também será a primeira vez que uma produção do serviço de streaming (Netflix) leva o principal prêmio da noite.

Vencer não seria surpresa. A produção é simplesmente impecável. Cada plano é brilhantemente pensado, com cenas longas em planos sequência, diálogos que retratam o cotidiano, com boas atuações. Yalitza Aparicio talvez seja o melhor acontecimento. A mexicana que era professora, da noite pro dia virou estrela de cinema e até ganhou uma indicação ao Oscar, desbancando outras atrizes que eram favoritas como Emily Blunt (de O Retorno de Mary Poppins). Com uma atuação segura e emocionante, ela nem precisa de falas para ser o grande destaque em “Roma”. Já a experiente Marina de Tavira também conseguiu uma indicação – na minha opinião desnecessária – e não tem grandes chances.

“Roma” é uma narrativa sobre o amor em suas diversas facetas. Alfonso Cuarón volta a impactar com uma história comovente e de cunho social. Não é meu filme favorito no Oscar (a minha torcida é de Green Book), mas se vencer será por grandes méritos.

  • Priih

    Oi Felipe, tudo bem? Acho que o filme não faz muito meu estilo, mas gostei da crítica. A qualidade parece inquestionável. Beijos, Priih Infinitas Vidas

  • Jessica

    Oie, Não assisti ao filme, mas parece ser bem interessante, apesar de não ser muito meu estilo. Bjs e uma boa semana! Diário dos Livros Conheça o Instagram

  • Suelen Mattos

    Eu vi rapidamente esse filme na tela inicial da Netflix, mas acabei não colocando na minha lista, por não ser muito meu estilo. Mas não descarto a possibilidade de assistir, não. Tenho ouvido muitas coisas boas sobre ele! =) Suelen Mattos ______________ ROMANTIC GIRL

  • Ana Lícia Morais

    Oie! Quero muito ver esse filme, já ouvi inúmeros comentários bons e tenho certeza que eu irei gostar. Saber que está no Oscar só me anima mais para assistir. Our Constellations

  • Jessica Rabelo

    Oi Felipe. Ainda não assisti nenhum dos filmes indicados ao Oscar, exceto Pantera Negra. Entretanto, esse me chama mais atenção que os outros. Embora saiba que é difícil um filme da Netflix ganhar o tão panelinha evento, suponho que pelo que esse pretende trazer, sua história seja de mais impacto que as outras pelo momento que vivemos atualmente. Gostei bastante do post. Beijos.

  • Matheus Machado

    Ainda não vi esse filme, apenas havia visto alguns comentários sobre. Sua crítica foi ótima, fiquei muito interessado em ver agora! www.dosedeestrela.com.br

  • Emerson

    A minha torcida é por Green Book também. Concordo que o filme vença na categoria de Melhor filme estrangeiro. Acho que vence em Melhor fotografia também. Bom final de semana! Jovem Jornalista Fanpage Instagram Voltamos do hiatus com bons conteúdos. Até mais, Emerson Garcia

  • Nana

    Olá, Eu adorei o filme, muito intimista e cheio de sensibilidade. Ficarei feliz se ganhar, apesar de n ser meu favorito. até mais, Canto Cultzíneo

  • Miguel

    um filme maravilhoso

  • Marcela

    parece ser todo conceitual néh?! não é muito meu estilo preferido, mas pretendo dar uma chance

  • Juliana

    essa atriz simplesmente arrasou nesse filme, sem palavras para a cena da praia

  • Samanta dafini

    Você acredita que eu não assisti o Oscar, mais vi que teve muitos comentários de fimes que realmente merecia ganhar, eu fiquei feliz com vitória de alguns e achei merecido com os da melhor animação e trilha sonora e tudo mais, é mundo fascinante e que deve ser explorado e tudo mais. Mas eu não conhecia esse filme e pela a fotografia eles se empenharam muito para com isso. https://www.dosedeestrela.com.br/

  • Gabriela Soares

    Eu ainda não assisti o filme e, até essa resenha, não sabia muito bem sobre o que se tratava. Gostei, qualquer dia desses vou assistir! Um beijão, GABS | likegabs.blogspot.com

  • Juliana Ferreira

    Com certeza vou assistir esse filme, estou super curiosa com essa obra. Beijos www.pimentadeacucar.com

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *