#Filme | Podres de Ricos

Oi gente!
Neste final de ano aproveitei para colocar algumas séries que estavam atrasadas em dia e também para assistir alguns filmes que estavam na minha listinha – um deles foi “Podres de Ricos” (ou no original, “Crazy Rich Asians” – baseado no livro de Kevin Kwan). Confesso que quando lançou, não me interessei muito em assistir, mas depois das boas críticas e indicações às principais premiações, fiquei curioso para saber se realmente era bom.

E isso tudo refletiu para que “Podres de Ricos” se tornasse um dos maiores fenômenos nas bilheterias mundiais em 2018, tendo faturado US$ 230 milhões diante de um orçamento de apenas US$ 30 milhões. Uma verdadeira revolução no mundo das comédias românticas. Ao mesmo tempo que mantém uma série de clichês.

Na história, Rachel Chu (Constance Wu) é uma jovem professora de economia em Nova York e namora com Nick Young (Henry Golding) há algum tempo. Quando Nick convida Rachel para ir no casamento do melhor amigo, em Singapura, ela descobre que ele é o herdeiro de uma verdadeira fortuna. Lá, ela entra na mira de outras candidatas e da mãe de Nick (Michelle Yeoh), que desaprova o namoro.

Temos mais uma vez a história da moça pobre que namora um ricaço, mas não é aprovada pela mãe dele, que faz de tudo para acabar com o romance. É clichê? Sim, é clichê! Mas é um clichê super bem feito. A química entre Constance Wu e Henry Golding é maravilhosa e leva o espectador a realmente torcer pelos dois (pelo menos comigo aconteceu isso).

“Podres de Ricos” ainda tem uma representatividade interessante. Primeiro porque a produção é formada em sua totalidade por asiáticos ou descendentes. Tente se lembrar quando foi a última vez que você viu um filme de Hollywood com elenco inteiro composto por descendentes de asiáticos? Na verdade, não precisa porque não existe! Já tivemos tantos erros de escalação como o caso de Scarlett Johansson sendo a protagonista japonesa de “Ghost in the Shell”, mas também tivemos acertos ao lembrar do recente “Para Todos os Garotos que já Amei” com a descendente vietnamita Lana Condor.

Outro ponto positivo do filme é o protagonismo cultural e social da Ásia demonstrado de forma natural em um filme americano, além das ótimas atuações – os comediantes Awkwafina (vista recentemente em “Oito Mulheres e Um Segredo”) e Ken Jeong (conhecido pelo papel de Mr. Chow na trilogia “Se Beber, Não Case”) são um espetáculo à parte. Figurino luxuoso, paisagens maravilhosas, trilha sonora cativante também contribuem para o sucesso do longa.

E tem notícia boa! A Warner já confirmou a sequência “China Rich Girlfriend” e, provavelmente, veremos o último volume dos best-sellers “Rich People Problems” nas telonas também.

Enfim, “Podres de Ricos” é aquele filme despretensioso, que vale a pena conferir apenas para se divertir. É engraçado e bem produzido. Eu curti bastante!

  • Pâmela Possani

    Eu fiquei louca pra assistir no cinema mas não saiu aqui em Jundiaí :( JA TO COM MAIS VONTADE AINDA PRA ASSISTIR sera que sai no netflix???? Beijocas da Pâm Blog Interrupted Dreamer

  • Denise Crivelli

    oI Eu li o livro e adorei preciso ler o segundo, a leitura do livro me lembrou algumas novelas asiaticas que assisto. Ainda não assisti o filme mas estou mega curiosa, espero gostar também, que bom que gostou do filme. http://momentocrivelli.blogspot.com

  • Jessica

    Oie, Falaram muito bem do livro e também da adaptação, mas ainda não mergulhei em nenhum deles. Apesar do costume ser o livro primeiro, dessa vez vou pegar o filme. Bjs e um bom fim de semana! Diário dos Livros Siga o Instagram

  • Emerson

    Parece ser um filme bem interessante. Boa semana! Jovem Jornalista Fanpage Instagram Até mais, Emerson Garcia

  • Lia Christo

    Oi Felipe, tudo bem? Eu queria muito ter assistido no cinema, mas meu final de ano foi uma loucura e nada saiu como planejado. Gostei muito da sua resenha e fiquei com mais vontade de assistir. Sabe se vai passar no Netflix? Torcendo que sim. Um abraço.

  • Aline

    Oi Felipe. Não tive interesse em fazer a leitura do livro mas tenho interesse em assistir o filme. Divagando Palavras www.divagandopalavras.com

  • Ana Murari

    Oi, td bem? Também fiquei curiosa pra assistir ainda mais depois do "Globo de Ouro", mas acabou passando e nem conferi... Agora fiquei curiosa! As vezes é bom ver uns filmes assim né? Pra se divertir mais... Porque eu mesma acabo vendo tanta coisa forte que depois nem consigo dormir direito HAHAHA Adorei a resenha! beijos Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=CQMHdUwn1Ec www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

  • Juliana

    Apesar de ser um clichê, parece ser bem legal, quero assistir

  • Marcela

    Eu assisti e adorei esse filme, é aquela típica comédia de Sessão da Tarde

  • Miguel

    Gostei da dica, deve ser um filme bem engraçado, quero ver e ler o livro também!

  • Iasmin Guimarães

    Não tinha ouvido falar nesse livro, mas parece ser interessante. Estava procurando um novo pra assistir, talvez seja esse. Iasmin Guimarães | E agora?

  • Carol Crisitna

    Não assisti ainda e nem li o livro mas estou curiosa pelos comentários positivos! Bjs http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

  • Vanessa

    Gostei da dica Felipe. Amo comédias românticas e achei a sua crítica bem interessante. Abraço! www.newsnessa.com

  • Melissa

    Oii, Parece ser bem divertido, mesmo sendo um clichê como disse haha. Faz tempo que não assisto algo assim, achei uma ótima dica!

  • Renata (escutaessa)

    oi Ainda não li o livro e nem vi o filme, mas já li tantos comentários legais sobre eles que com certeza vou ler livro e ver o filme em breve, pois estou bem curiosa. Beijinhos Renata Escuta Essa

  • Amanda Caroline Santos

    Já ouvi falar muito bem desse filme www.estiilocarol.com

  • Bia

    Oi Felipe! Sou doida para assistir esse filme desde que vi ao trailer, mas antes quero ler os livros. Adorei as suas considerações sobre a adaptação!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *